Com 81 novos casos confirmados nessa quarta-feira (10), Campos bateu o recorde negativo do crescimento diário dos números do novo coronavírus desde o início da pandemia. O município superou a marca de 79 registros em 27 de maio, segundo levantamento do Painel Covid-19 Norte e Noroeste Fluminense. Além disso, em apenas 24 horas, Campos teve mais pacientes diagnosticados com a doença do que o total em 12 cidades da região até o momento.

O maior município do interior do Rio de Janeiro possui 1.125 casos confirmados e está atrás apenas de Macaé, com 1.382, nos números absolutos do Norte e Noroeste. No entanto, Campos soma a maior quantidade de mortes da região, com 65 óbitos em decorrência da Covid-19.

Outra preocupação fica por conta da escalada da doença, que não dá sinais de que tenha chegado ao pico. Além disso, segundo o último boletim epidemiológico, são 202 pessoas com suspeita do novo coronavírus e com sintomas de síndrome respiratória aguda grave. 

O número de 81 novos casos que entrara para as contas da secretaria municipal de Saúde em apenas um dia é maior do que o total de pacientes diagnosticados em 12 cidades do Norte e Noroeste Fluminense, segundo os boletins divulgados pelas próprias prefeituras. São elas:

  • Laje do Muriaé, com 73 casos confirmados;
  • Bom Jesus do Itabapoana, com 70;
  • Carapebus, com 69;
  • Itaocara, com 63;
  • Natividade, com 58;
  • Miracema, com 57;
  • Porciúncula, com 55;
  • São José de Ubá, com 51;
  • Cambuci, com 38;
  • Aperibé, com 36;
  • Cardoso Moreira, com 34;
  • Varre-Sai, com 16.

Nos siga também nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/covid19nortenoroeste/

Twitter: https://twitter.com/painelcovid