Pelo menos três cidades do Noroeste Fluminense estão em alerta máximo por causa do avanço descontrolado da pandemia do novo coronavírus. Nos últimos 20 dias, entre 25 de junho e a quarta-feira (15), Bom Jesus do Itabapoana teve um aumento de 241% nos registros de infectados. No mesmo período, Varre-Sai e Porciúncula apresentaram altas de 158,5% e 155,2% no índice de pacientes diagnosticados. Os dados fazem parte de um levantamento do Painel Covid-19 Norte e Noroeste Fluminense.

A situação mais preocupante é de Bom Jesus do Itabapoana, que possui no Hospital São Vicente de Paulo uma referência para o tratamento da Covid-19 em toda a região. A unidade ficou com 100% dos leitos ocupados durante a última semana. De acordo com o boletim divulgado pela Prefeitura na quarta-feira (15), eram três vagas disponíveis na Unidade de Terapia Intensiva.

Entre os dias 25 de junho e 15 de julho, Bom Jesus registrou 295 novos casos da doença, passando de 122 para 417 infectados. O crescimento foi de 241% no período. Nos 20 dias anteriores, entre 05 e 25 de junho, a cidade teve 57 novos pacientes.

A Prefeitura de Bom Jesus anunciou restrições das atividades comerciais não essenciais, como a limitação nos horários de funcionamento e proibição de abertura aos finais de semana. Porém, os estabelecimentos continuarão abertos durante a semana. Bares, restaurantes e lanchonetes só poderão atender por delivery após às 18h e igrejas só poderão ter 40% da capacidade.

Porciúncula

Em Porciúncula, a Prefeitura foi mais além e decretou lockdown a partir da próxima segunda-feira (20). Comércio, templos religiosos, academias, ambulantes, bancos e lotéricas não poderão abrir e até mesmo os serviços essenciais, como supermercados e farmácias, só poderão atender através de delivery.

A medida extrema tem como objetivo tentar frear a aceleração da pandemia na cidade. Nos últimos 20 dias, o município teve 135 novos casos da doença, passando de 87 para 222 infectados – uma alta de 155,2%. Entre 05 e 25 de junho, o número de casos confirmados foi de 28.

Varre-Sai

Com apenas 11 mil habitantes, Varre-Sai também tem vivido um grande crescimento na contaminação por Covid-19. O município não possui nenhuma morte por causa da doença, mas teve aumento de 158,5% no número de infectados entre 25 de junho e 15 de julho. Foram 65 casos confirmados no período, com o total passando de 41 para 106. Nos 20 dias anteriores, foram 28 pessoas diagnosticadas com coronavírus.

Os números completos de cada semana podem ser consultados em nosso site: http://covid19nortenoroeste.com/

Painel Covid-19 | Norte e Noroeste Fluminense
Facebook:https://www.facebook.com/covid19nortenoroeste/
Twitter: https://twitter.com/painelcovid